Chapas Drywall



 

São chapas fabricadas industrialmente mediante um processo de laminação contínua de uma mistura de gesso, água e aditivos entre duas lâminas de cartão, onde uma é virada nas bordas longitudinais e colada sobre a outra.

As chapas de gesso devem ser produzidas de acordo com as seguintes Normas ABNT: NBR 14715:2001, NBR 14716:2001 e NBR 14717:2001.




Tipos de Chapas

Standard (ST) – Chapa Branca
Para aplicação em áreas secas

Resistente à Umidade (RU) – Chapa Verde
Para aplicação em áreas sujeitas à umidade por tempo limitado de forma intermitente

Resistente ao Fogo (RF) – Chapa Rosa
Para aplicação em áreas secas necessitando de um maior desempenho em relação ao fogo


Tipos de Borda

Borda Rebaixada

Borda Quadrada



Estocagem, Transporte e Manuseio

- No recebimento do produto, verificar a sua integridade, antes de iniciar a descarga.
- No transporte das chapas de gesso, os pallets deverão ter cantoneiras de proteção nos pontos em contato com cordas e fitas de amarração utilizadas para a descarga e movimentação do produto.
- As chapas devem ser empilhadas sobre apoios de no mínimo 5cm de largura espaçados a aproximadamente 40cm.
- O comprimento dos apoios deve ser igual a largura das chapas.
- Manter o alinhamento dos apoios ao empilhar vários pallets. Não empilhar chapas curtas em conjunto com chapas longas ou fora de alinhamento.
- Verificar a resistência da laje e a capacidade da empilhadeira em função do peso das chapas.
- A fita lateral deve ser preferencialmente retirada somente no momento da aplicação das chapas.
- As chapas podem ser transportadas manualmente ou por empilhadeira. No caso do transporte manual, as chapas devem ser levadas na posição vertical. Para chapas muito pesadas, o transporte manual poderá ser realizado por duas pessoas.
- Nos locais potencialmente sujeitos à umidade, as chapas deverão ser protegidas com uma lona plástica.

A fonte desse faq pertence a Associação Drywall


Página anterior: O que é Drywall
Próxima página: Videos Drywall